segunda-feira, março 26

domingo, março 25

*** Eu te amo... não diz tudo! ***















"Você sabe que é amado(a) porque lhe disseram isso?
A demonstração de amor requer mais do que beijos, sexo e palavras.
Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida,
Que zela pela sua felicidade,
Que se preocupa quando as coisas não estão dando certo,
Que se coloca a postos para ouvir suas dúvidas,
E que dá uma sacudida em você quando for preciso.
Ser amado é ver que ele(a) lembra de coisas que você contou dois anos
atrás,
É ver como ele(a) fica triste quando você está triste,
E como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d'água.
Sente-se amado aquele que não vê transformada a mágoa em munição na hora da discussão.
Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente inteiro.
Aquele que sabe que tudo pode ser dito e compreendido.
Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é,
Sem inventar um personagem para a relação,
Pois personagem nenhum se sustenta muito tempo.
Sente-se amado quem não ofega, mas suspira;
Quem não levanta a voz, mas fala;
Quem não concorda, mas escuta.
Agora, sente-se e escute: Eu te amo não diz tudo!"

*** PABLO NERUDA - SE ME ESQUECERES ***

Se Me Esqueceres
Quero que saibas uma coisa. 














Sabes como é: 
se olho
a lua de cristal, o ramo vermelho 
do lento outono à minha janela, 
se toco 
junto do lume 
a impalpável cinza 
ou o enrugado corpo da lenha, 
tudo me leva para ti, 
como se tudo o que existe, 
aromas, luz, metais, 
fosse pequenos barcos que navegam 
até às tuas ilhas que me esperam. 
Mas agora, 
se pouco a pouco me deixas de amar 
deixarei de te amar pouco a pouco. 
Se de súbito 
me esqueceres 
não me procures, 
porque já te terei esquecido. 
Se julgas que é vasto e louco 
o vento de bandeiras 
que passa pela minha vida 
e te resolves 
a deixar-me na margem 
do coração em que tenho raízes, 
pensa 
que nesse dia, 
a essa hora 
levantarei os braços 
e as minhas raízes sairão 
em busca de outra terra. 
Porém 
se todos os dias, 
a toda a hora, 
te sentes destinada a mim 
com doçura implacável, 
se todos os dias uma flor 
uma flor te sobe aos lábios à minha procura, 
ai meu amor, ai minha amada, 
em mim todo esse fogo se repete, 
em mim nada se apaga nem se esquece, 
o meu amor alimenta-se do teu amor, 
e enquanto viveres estará nos teus braços 
sem sair dos meus. 

sábado, março 24

*** Não perdemos o que nunca tivemos ***

Quando falamos em perdas, referimos às perdas as quais não temos o controle, ou seja está fora de nossas vontades ou aspirações.


 Vejo uma certa tristeza no olhar das mães, quando olham para seus filhos, e um profundo desabafo relatando a saudade do tempo em que eram crianças. Em seus corações há a certeza de uma perda, perda esta que não há como voltar a tê-la.
Ao contrário, quando temos algo roubado, perdido ou desaparecido, temos a esperança de reavê-los, tentar preencher o espaço vazio ou conseguirmos até ter coisas melhores do que tivemos antes.
“As perdas da alma são mais dolorosas” porque sabemos que não as teremos da forma original novamente ou como gostaríamos que estivessem no momento em que vivemos:
- sentimos a perda de uma única frase ou palavra dita do fundo da alma à alguém ou a nós;
- doe-nos a sensação de nunca mais vermos alguém que amamos muito;
- dilacera-nos a alma e o coração a sensação de “nunca mais voltará”;
- mata-nos a cada dia lembrarmos do que fomos e jamais voltaremos a ser;
- consome-nos as lágrimas de dor do profundo sentimento de perda para sempre;
- consome a dor de cada ano que passa e não volta;
- morremos a cada segundo quando o amor, a esperança, a virtude morre também a cada dia dentro de nós.
De acordo com a língua portuguesa, penso que o que se encaixaria mais em nosso viver seria a palavra “empréstimo”; tudo que vivemos, incluindo os instantes é emprestado por um curto, médio ou longo tempo... jamais para sempre como gostaríamos que assim o fosse.
Uma das frases mais sábias existentes ainda é:
“Tudo na vida passa... inclusive a vida”.
Por que será que sofremos tanto por tudo que sabemos não perpetuar?
Se já nascemos sabendo disso... então por que ainda sofremos tanto?
Por que morremos a cada segundo por coisas que muitas vezes desejamos mas nem sequer possuimos por um segundo que fosse?
Se fossemos pensar racionalmente e responder as estas três questões, saberíamos que não há coerência, razão ou motivo para tanta tristeza por perdemos aquilo que na realidade nunca tivemos de verdade.
Nem mesmo a verdade é eterna... as verdades não são absolutas porque o tempo, os valores, a sociedade e os sentimentos mudam estas verdades o tempo todo.
Se perguntarmos ou contarmos a mesma verdade para várias pessoas, cada uma delas verá e sentirá de forma diferente. Elas mentem? Não, a verdade é relativa.
Existem verdades absolutas?
Se existir ainda para você, afirmo-te que poderá existir por alguns séculos,  mas não para sempre... nada é para sempre.
Se alguma coisa ou alguém é para sempre, com certeza não está neste universo ao qual conhecemos e vivemos.
Autora: Sandra Regina da Luz Inácio
(adaptado)

sexta-feira, março 23

*** FORÇA DO AMOR ***


Pouquíssimas pessoas me conhecem. Mostro só o que quero.
Não por maldade, mas por proteção.



"Procuro nos mistérios da vida, o meu lugar. Tecendo versos, costurando sentimentos e buscando sentido para tantos enganos. Eu acredito que não são fantasias os nossos dias por aqui, pois acredito na força do amor, essa sim, fica e frutifica onde colocamos o coração."

terça-feira, março 20

*** PERDAS ***



Perder algo é uma sensação
Que nos incomoda muito...
As lembranças insistem em se fazer presente
Avivando a saudade, abrindo feridas e sangrando a alma...
É importante passarmos por todas as fases,
Não ignorando uma sequer....
Não se maquia a dor
É como um alimento... 
Temos que mastigar bem, engolir,
Esperar a digestão e a completa eliminação.
Assim, ficamos limpos e famintos novamente....
Com fome de viver e ser feliz!!!!
Não pule etapas da sua vida.
Não finja que está tudo bem...
Não deixe que situações mal resolvidas
Atrapalhem o seu caminhar...
Tenha um encontro com você
E termine esse capítulo da sua vida
Para que assim,
Consiga escrever sua história.
Não queira nada menos
Que a sua FELICIDADE!!!!
Chore apenas para lavar a alma!
Qua a dor seja apenas para romper barreiras!
E que a perda finalize,
No início da sua vitória!
(Rose Felliciano)

domingo, março 18

*** Pablo Albóran e Carminho - Perdóname ***


"O tempo das palavras são os gestos em que se faz instante a instante 
o teu olhar por dentro deste outro olhar..."




segunda-feira, março 12

***MARISA MONTE - GENTILEZA***


Dedique-se ραяα тυdσ αqυιℓσ qυє gσѕтσs, 
тυdσ qυє tє ƒαz вєм à αℓмα є aσ cσяαςãσ...



“O universo é meu caminho; o amor, a minha lei; a paz, o meu abrigo.
A experiência, a minha escola; a dificuldade, o meu estímulo; o obstáculo, a minha lição;
 A Sabedoria, meu objetivo; a compreensão, minha benção; o equilíbrio, minha atitude; a perfeição, minha meta; a plenitude, meu destino."

domingo, março 11

*****DESFRUTE DA VIDA*****



Desfrute do dia...
Desfrute do sol e o céu azul que dá alegria...
Desfrute da chuva que limpa o ambiente...
Desfrute do vento e o seu frescor...
DESFRUTE DA VIDA... 
*.*

quarta-feira, março 7

***8 de Março - Mulheres sem fronteiras***





Dia Internacional da Mulher - 8 de Março - Algo que quero ressaltar, como mulher, é que não precisamos de datas para sermos reconhecidas, enaltecidas, admiradas. Afinal, se hoje é o nosso dia, amanhã será e depois também! 
Entretanto, aproveitando o ensejo da data, escolhi um poema para brindar às mulheres maravilhosas que conseguem ser tudo numa só: guerreiras, mães, profissionais, amigas, educadoras, confidentes, namoradas, cúmplices, amantes, sedutoras, vaidosas, turbulentas...




Hoje,
não quero ser a mulher forte,
com atitude de leoa, sedutora,
aquela que luta, defende,
conquista, consola, abriga...
 Hoje,
eu quero deixar que
a mulher sensível, delicada,
romântica, frágil...
seja vista e sentida!
 Quero um carinho, um abraço,
um colo...
Quero braços que me envolvam
protejam, abriguem.
 Quero um corpo onde possa
me aconchegar;
um ombro para poder chorar,
uma mão que acaricie meus cabelos,
olhos que vejam as lágrimas
cairem no meu rosto
quando falo dos meus medos ...
uma boca que me diga palavras
de ânimo e esperança e que me beijem
com amor e carinho!
 Quero olhos que vejam
minha fragilidade,
que me admirem por ser delicada
e que não desejem que eu
tenha que ser sempre forte!
 Quero ser admirada, notada,
e quero que me queiram
por também ter um lado frágil.
 Quero que me admirem por ser
mulher na sua essência,
não só o lado leoa, mas
o lado beija-flor e também flor!
O lado que necessita do outro
que também precisa receber!
 Quero hoje... 
a fragilidade de ser MULHER!!!
(desconheço autoria)

terça-feira, março 6

**O LÁPIS**

- Vovô, você está escrevendo algo sobre mim?O avô sorriu, e disse ao netinho:
- Sim, estou escrevendo algo sobre você. Entretanto, mais importante do que as palavras que estou escrevendo, é este lápis que estou usando. Espero que você seja como ele, quando crescer.O menino olhou para o lápis, e não vendo nada de especial, intrigado, comentou:- Mas este lápis é igual a todos os que já vi. O que ele tem de tão especial?- Bem, depende do modo como você olha. Há cinco qualidades nele que, se você conseguir vivê-las, será uma pessoa de bem e em paz com o mundo – respondeu o avô.

 Primeira qualidade: Assim como o lápis, você pode fazer coisas grandiosas, mas nunca se esqueça que existe uma “mão” que guia os seus passos, e que sem ela o lápis não tem qualquer utilidade: a mão de Deus.

Segunda qualidade: Assim como o lápis, de vez em quando você vai ter que parar o que está escrevendo, e usar um “apontador”. Isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas ao final, ele se torna mais afiado. Portanto, saiba suportar as adversidades da vida, porque elas farão de você uma pessoa mais forte e melhor.


Terceira qualidade: Assim como o lápis, permita que se apague o que está errado. Entenda que corrigir uma coisa que fizemos não é necessariamente algo mau, mas algo importante para nos trazer de volta ao caminho certo.

Quarta qualidade: Assim como no lápis, o que realmente importa não é a madeira ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro dele. Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você. O seu caráter será sempre mais importante que a sua aparência.

Finalmente, a quinta qualidade do lápis: Ele sempre deixa uma marca. Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida deixará traços e marcas nas vidas das pessoas, portanto, procure ser consciente de cada ação, deixe um legado, marcando positivamente a vida das pessoas.


domingo, março 4

**Kelly Clarkson - Already Gone**



"Neste exato momento alguém que você não conhece está pensando em como seria legal encontrar uma pessoa como você..."




sábado, março 3

**PALAVRAS & ATITUDES**


Se soubéssemos quantas e quantas vezes as nossas palavras são mal interpretadas, haveria muito mais silêncio neste mundo.
Oscar Wilde




"Nunca substime o poder de suas ações. Com um pequeno gesto você pode mudar a vida de uma pessoa. Para melhor ou para pior.
Deus nos coloca na vida dos outros para que tenhamos um impacto, uns sobre o outro de alguma forma."